SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Comunidades do Rio têm quase 100 mortes confirmadas pela covid-19

Rio - A capital está prestes a ter uma triste estatística da pandemia do novo coronavírus (covid-19): 100 mortes pela doença nas comunidades da cidade. Até o momento, o número de vítimas fatais da doença nas favelas do Rio chega a 92.
De acordo com a prefeitura, Rocinha é a comunidade com a maior quantidade de casos confirmados e mortes. São 98 infectados e 23 óbitos registrados na favela da Zona Sul.
Atualmente, a cidade tem 11.264 doentes, dos 19.467 confirmados em todo o estado. Das 2.247 mortes do Rio, 567 são de moradores da capital. A doença já atinge 159 bairros, 11 deles comunidades.
Veja as favelas mais atingidas

1. Rocinha: 23 mortes de 98 casos

2. Manguinhos: 12 mortes (35)

3. Vigário Geral: 11 mortes (35)

4. Cidade de Deus: 10 mortes (26)
5. Complexo da Maré: 8 mortes (41)

6. Mangueira: 7 mortes (29)

7. Caju: 7 mortes (18)

8. Acari: 6 mortes (22)

9. Jacarezinho: 3 mortes (7)

10. Vidigal: 2 mortes (13)

11. Vila Kennedy: 2 mortes (4)

12. Complexo do Alemão: 1 morte (6)
BAIRROS
Ainda segundo a Prefeitura do Rio, dos mais de 11 mil infectados pela covid-19 na cidade, 8.505 já se recuperaram da doença. Atualmente, 1.605 pacientes estão internados nas unidades do SUS (hospitais municipais, estaduais e estaduais) da capital, 488 deles em UTI.
A média de idades do pacientes do Rio é de 50,5 anos. O bairro da cidade com mais casos confirmados e mortes é Copacabana, com 443 pacientes e 88 óbitos.

Confira os 10 bairros com mais mortes
1. Copacabana: 88 óbitos dentre 443 casos
2. Campo Grande: 83 óbitos (329)
3. Bangu: 65 óbitos (218)
4. Barra da Tijuca: 46 óbitos (375)
5. Tijuca: 45 óbitos (279)
6. Realengo: 40 óbitos (163)
7. Santa Cruz: 40 óbitos (132)
8. Irajá: 31 óbitos (122)
9. Botafogo: 30 óbitos (223)
10. Paciência: 24 óbitos (74)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add