SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Rio suspende aulas e atividades com aglomerações; confira principais medidas

Rio - A Prefeitura do Rio e o Governo do Estado do Rio anunciaram nesta sexta-feira uma série de medidas para tentar conter a transmissão do novo coronavírus no Rio. Aulas da rede pública e privada de ensino e eventos com aglomerações de pessoas, assim como atividades como cinemas, teatros e feiras estão suspensos.
O decreto da Prefeitura do Rio foi publicado na manhã desta sexta-feira e entra em vigor a partir de segunda-feira. O do Governo do Estado foi publicado na noite desta sexta-feira e entrou em vigor. A facilidade de transmissão do vírus foi citada pelo governador Wilson Witzel para justificar a proibição de eventos com aglomerações no sentido de evitar uma crise aguda de contágio. O decreto assinado nesta sexta-feira tem prazo de 15 dias, que poderá ser prolongado. O prefeito Marcelo Crivella também informou que as atividades nas casas de convivência, cinemas, teatros, lonas culturais e museus municipais ficarão suspensas. O prefeito anunciou a suspensão de eventos que dependem de alvará da prefeitura a partir de segunda-feira.
Confira as principais medidas do Governo do Rio:

- Em todas as repartições públicas haverá redução de atendimento ao público para reduzir contágios.
- Suspensão das aulas na rede pública e privada, inclusive em unidades de Ensino Superior: As férias escolares serão antecipadas a partir de segunda-feira pelos próximos 15 dias, podendo ser prorrogadas por mais 15 dias

- Suspensão por 15 dias da realização de eventos e atividades com aglomerações, mesmo que já autorizadas pelo governo do Estado, como atividades esportivas, feiras, eventos científicos, comícios, passeatas, shows, tanto abertos como em ambientes fechados
- Proibição de atividades coletivas por 15 dias, como cinema, teatros, e eventos afins
- Qualquer servidor público, empregado público, ou contratado por empresa privada que presta serviço para o Estado do Rio que apresentar febre ou sintomas respiratórios passa a ser considerado caso suspeito e adota protocolo de atendimento específico
- Proibição de visitas prisionais por 15 dias
- Suspensão do transporte de detentos para realização de audiências de qualquer natureza, por 15 dias
- Visitas de advogados a presídios no estado deverão ser ajustadas pelo secretário de Administração Penitenciária
- Proibição de visitas a pacientes diagnosticadas com o vírus, tanto na rede privada quanto pública
- O decreto orienta que donos de bares e restaurantes respeitem a distância de pelo menos um metro entre as mesas e cadeiras, a fim de reduzir as chances de contágio entre os clientes 

Confira as principais medidas da Prefeitura do Rio:

. Não conceder licenças para eventos que causem grandes aglomerações e suspender as licenças concedidas;
. Suspensão das aulas da rede municipal;
. Suspensão de visitas em abrigos de idosos;
. Evitar locomoção de pessoas com baixa imunidade e problemas crônicos (asma, pneumonia, tuberculose, câncer e transplantados);
. Suspensão de atividades nas casas de convivência, cinemas, teatros, lonas culturais e museus da prefeitura;
. Suspensão dos períodos de férias da Saúde e da assistência social durante a pandemia;
. Recomendação para ônibus e BRTs evitarem superlotação;
. Recomendação para que as atividades esportivas no Estádio Nilton Santos não sejam abertas ao público;
. Recomendação de jornadas de trabalho alternativas (indústria, 1º turno, às 6h; comércio, às 8h; e serviço, às 10h), para evitar superlotação nos transportes;
. Recomendação para que adotem o trabalho em casa;
. Prefeitura do Rio irá disponibilizar álcool gel em todas as repartições municipais de atendimento ao público, incluindo hospitais, abrigos, estações de BRT, escolas e equipamentos culturais.
Governo do Estado abrirá 300 novos leitos
O Governo do Estado do Rio abrirá 300 novos leitos para pacientes infectados pela Covid-19. A abertura será escalonada, com 150 vagas liberadas por vez.
Cirurgias eletivas mantidas
Crivella informou que as unidades de saúde da Prefeitura estão preparadas para enfrentar o Covid-19 e disse que as cirurgias eletivas marcadas na rede municipal estão mantidas. " Por favor, compareçam às unidades para se internar e fazer as cirurgias. Não há nenhuma interrupção em nosso calendário", enfatizou Crivella.

A secretária de Saúde, Beatriz Bush, orientou a população a esclarecer dúvidas sobre o novo vírus por meio do telefone do Tele Saúde, 136, e assim evitar a superlotação das unidades. "Se sentirem um quadro parecido com da gripe, que permaneçam em casa. Está tendo febre ou dificuldade de respiração, procure uma de nossas unidades de Saúde, os nossos profissionais foram treinados para recebê-los", afirmou a secretária.
O Governo do Rio instaurou um gabinete de crise para desacelerar a transmissão no estado. Witzel disse quese reunirá com empresários para evitar falta de abastecimento nos mercados. Confira medidas anunciadas ao longo deste texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add