SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Flordelis recebe ultimato da Justiça, pode parar na cadeia a qualquer momento e ser condenada a até 20 anos

A deputada federal e missionária evangélica Flordelis, esposa do pastor Anderson do Carmo da Silva sofreu uma dura derrota após ter a condição de foro privilegiado negada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ela é investigada, suspeita de participação no assassinato do marido ocorrido em junho deste ano. Nessa quinta-feira, 01, o ministro do STF Luís Roberto Barroso decretou que Flordelis não terá direito ao foro privilegiado, uma vez que a acusação à qual ela está sendo submetida não diz respeito ao exercício de suas funções como deputada federal, condição que lhe daria direito ao foro privilegiado. Em nota, a assessoria de imprensa da parlamentar disse que ela nunca fez questão do foro. “Desse modo, não restanvo evidenciados, ao menos nesse primeiro momento, elementos que poderiam revelar relação de causalidade entre o crime imputado e o exercício do cargo, acolho o pedido formulado pela Procuradoria-Geral da República para fixar a competência do juízo da 3º Vara Criminal da Comarca de Niterói/RJ”, pontuou Luís Roberto Barroso em sua decisão. Com isso, Flordelis, que é mãe de 55 filhos, sendo a maioria deles adotados ao lado do pastor Anderson, continuará sendo investigada pela Polícia Civil de Niterói, município da região metropolitana do Rio de Janeiro.

A decisão do STF implica, ainda, no poder que os investigadores terão para acessar dados privados de Flordelis. Desse modo, a Justiça pode requerer quebra de sigilo telefônico e bancário da missionária evangélica.
Flordelis está sendo investigada como uma das responsáveis pelo assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo e, caso seja considerada culpada, poderá pegar até 20 anos de detenção, de acordo com o artigo 121 do Código Penal Brasileiro.

Até o momento, os investigadores já prenderam dois suspeitos pelo assassinato do pastor Anderson, sendo ambos filhos de Flordelis e da vítima. Os acusados continuam detidos, e um deles teria confessado autoria que, supostamente, teria sido encomendado pelo irmão, também preso. Recentemente, conforme noticiamos aqui no TV Foco, Flordelis tem sido rejeitada por alguns dos filhos que se afastaram da mãe após todo o escândalo do assassinato do pai, e o envolvimento de dois filhos. Ainda, a deputada viu-se obrigada a fechar um de seus templos evangélicos, bem como a debandada de fieis de sua igreja.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add