SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Carlinhos Maia se defende após ser acusado de racismo ao filmar mendigo: ‘Mesmo eu sendo gay’

O humorista Carlinhos Maia decidiu rebater as críticas que sofreu após filmar um mendigo nos Estados Unidos que fez ele ser chamado de racista. Isso porque Carlinhos Maia está nos Estados Unidos e decidiu filmar um mendigo dormindo nas ruas de Nova York. No vídeo, feito sem a permissão do referido, o que muitos acharam errado, o humorista diz que ele pareceria um “ator”, o que o fez ser chamado de racista.
Carlinhos Maia e o mendigo (Foto: Reprodução/ Instagram)
Carlinhos Maia e o mendigo (Foto: Reprodução/ Instagram)
“O pessoal na rua, como são diferentes. Impressionante, até isso é diferente, pessoal. Parece um ator, gente. Diga aí”, declarou Carlinhos Maia durante o vídeo. Após a repercussão negativa do caso, o jovem se explicou e falou de um projeto social, o “Soulphia”, que auxilia pessoas em situação de rua nos Estados Unidos e que, segundo ele, ele é padrinho há anos. O artista prosseguiu, falando que em nenhum momento quis comparar os mendigos americanos com os do nosso país. “Me criticaram porque eu filmei um mendigo, elogiando o mendigo. Dizendo que eu estava comparando com o Brasil, quando não comparei porra nenhuma. Só achei o cara bonitão, parecia um ator. E vocês não sabiam desse projeto que a gente já ajudava por trás… e que vai ajudar mais de 30 mil pessoas que estão na rua”, justificou.“Me chamam de preconceituoso, mesmo eu sendo gay, me taxam dizendo que tenho preconceito com negro, mesmo minha mãe sendo negra. Como existe tanta gente do mal? Como ainda têm seguidores? Sabe o que me levanta? Saber que o Senhor me honra desse jeito. Há dois anos eu divulguei esse cara[Mr. Teacher Paulo, um dos fundadores do projeto]. Tô cansado, tô cansado”, falou Carlinhos Maia na defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add