SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

China proíbe a estreia do novo filme do Ursinho Pooh

Na China, autoridades de regulação cinematográfica não liberou o lançamento do novo filme do Ursinho Pooh no país. Segundo a revista The Hollywood Reporter, o governo chinês não esclareceu o motivo da proibição. Entretanto, acredita-se que a medida faz parte de uma campanha nacional de censura.
Desde o ano passado, imagens do personagem foram bloqueadas até nas redes sociais. O boneco passou a ser visto como um símbolo de dissidência política depois que, em 2013, foi comparado com o presidente Xi Jinping. Na época, o líder foi fotografado ao lado de Barack Obama, e uma imagem viralizou ao comparar Pooh ao lado do Tigrão. No ano seguinte, outra vez o presidente foi comparado ao urso quando cumprimentou o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe. Outra publicação circulou, mostrando Pooh com o burrinho Bizonho. Em 2015, outra montagem irritou o governo. Diante da popularidade dos memes, os censores passaram a impedir a exibição de imagens, gifs e menções ao ursinho em mídias sociais.
Em junho, a China censurou o comediante John Oliver, do programa Last Week Tonight, da HBO. Ele comentou o assunto e fez críticas ao presidente chinês diante da sensibilidade demonstrada em função das comparações.
Apesar das especulações, há também a possibilidade do filme não poder entrar no país porque apenas 34 produções estrangeiras podem ser exibidas ao longo do ano. Nesse caso, outros filmes como Skyscraper e Missão Impossível: Efeito Fallout, Homem-Formiga e a Vespa seriam considerados como mais importantes.
Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível é o nome do novo filme do ursinho. Além dele, outro longa da Disney, Uma Dobra no Tempo, também teve estreia negada em solo chinês.

FONTE PLENO NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add