SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Filho de Cristiano Araújo chama atenção por semelhança e internautas apontam: “Cara do pai”- vejam

A morte de Cristiano Araújo completou três anos no último domingo, 24 de junho, e várias homenagens foram feitas para o cantor, que deixou um filho, fruto do seu relacionamento com Elisa Leite. “Sei que você está sempre ao meu lado me dando a força necessária para criá-lo da melhor forma possível. Hoje se completam três anos de uma saudade infinita”, escreveu ela na legenda da foto em que aparece com o ex.Bernardo, filho do sertanejo, tem chamado a atenção pela semelhança. “O Bernardo está cada dia mais parecido com o Cris. Que Deus abençoe vocês!”, comentou um seguidor. “Mini Cris, lindo demais”, falou mais uma. “A cara do pai”, observou outro.
   

BRIGA NA JUSTIÇA

Os dois filhos do cantor Cristiano Araújo, morto em 2015 em um acidente de carro, ainda não receberam o valor do seguro do carro do sertanejo. De acordo com a justiça, o dinheiro está na conta do processo do inventário.

De acordo com informações do portal G1, os responsáveis por João Gabriel, de 9 anos, e Bernardo, de 5 anos, filhos do sertanejo, estavam disputando o valor com um empresário, que não teve o nome divulgado. Informações dão conta de que a Range Rover do cantor ainda estava vinculada ao homem.

O automóvel de luxo era usado por Cristiano desde abril de 2015, dois meses antes do acidente, para viagens relativamente curtas a locais onde faria shows. Além dele, a namorada, Allana Moraes, também morreu. O empresário Victor Leonardo e o motorista Ronaldo Miranda, que também estavam no carro, ficaram feridos.

Até que o montante do seguro fosse liberado, o veículo foi alvo de uma intensa disputa entre as partes. Cristiano Araújo tem como herdeiros dois filhos. O empresário e os responsáveis pelas crianças apresentam versões diferentes em relação à posse do carro.

“Nós comprovamos com documentos fornecidos pela família, algumas informações que a gente tinha na época e no processo que surgiu sobre a propriedade do veículo. Conseguimos provar que o veículo, apesar de estar em nome de uma empresa, não do falecido, pertencia a ele”, contou o advogado da mãe de Bernardo, Luiz Fernando Freitas Pires.

A advogada Marly Marçal, que representa o empresário, disse que seu cliente adquiriu o carro à vista, para uso próprio, mas que ficou apenas dez dias com o veículo. Temendo pela segurança de Cristiano, com quem trabalhava, ele resolveu cedê-lo para a realização das viagens.

FONTE O TV FOCO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add